1: Hábito – todo hábito é criado através de repetição. Se você acostuma o seu organismo a comer doces todos os dias ou sempre após uma refeição, você sempre terá essa vontade. Eu não vejo problema algum em comer um docinho nutritivo (como fruta ou um chocolate rico em cacau) todos os dias. Mas se esse hábito está atrapalhando seus resultados, experimente diminuir gradativamente ou cortar por uns dias (cada um funciona de um jeito) para mudar esse padrão.

2: Carências nutricionais – a falta de alguns nutrientes como por exemplo magnésio e cromo aumentam o desejo por doces. Que tal aumentar o consumo de alimentos ricos nesses nutrientes para ver o que acontece? Cacau em pó, amêndoas, grão de bico e sementes são algumas fontes.

3: Alimentação errada – uma alimentação rica em alimentos refinados pode causar desequilíbrios nos níveis de glicose no sangue, aumentando o desejo por doces. Dê preferência ao carboidrato das raízes que são nutritivos e promovem um aumento gradual de glicose.

4: Baixo consumo de gorduras ou proteínas – equilibre suas refeições para que tenham sempre boas fontes de gorduras boas (como azeite, abacate e castanhas) e fontes proteicas (peixe, ovo, quinua, grão de bico), assim seu corpo estará sempre nutrido e saciado.

5: Ansiedade – se você está comendo doces por pura ansiedade já está mais do que na hora de arregaçar a manga e trabalhar essa questão.

6: Você restringe demais a sua alimentação – todos excesso é ruim. E restrição geralmente gera compulsão. Aprenda a arte de equilibrar e não só restringir. ❤️

Pin It on Pinterest

Share This